30 de mai de 2011

Carajás - Emoções de Carajás a Floresta que me encanta


foto: Filho Manfredini
O muito pouco que conheço a FLONA Carajás é o bastante para que eu possa a cada visita esperar uma surpresa (claro), a sua magnitude é realmente coisa encantadora. Recordo-me há cinco anos quando tive o meu primeiro contato com a Floresta de Carajás, o espírito de aventura e paixão pelas belezas e riquezas de Carajás foi aflorado em meu coração como algo indescritível, e que não importava o que eu fosse ou seria, bastava apenas aquele momento ali, talvez nada mais importasse, e foi desses sentimentos e sensações que me dispus a cada vez mais estar presente no cotidiano e rotina desta encantadora floresta. Poder hoje contar isso aos grupos que levo constantemente a FLONA Carajás é algo – sem duvida nenhuma – maravilhoso, poder compartilhar os conhecimentos adquiridos e as experiências vividas.
Poder presenciar as diferentes reações de cada grupo que se depare com as cachoeiras, a floresta, as grutas, a fauna e até mesmo a mineração (talvez algo até rotineiro pra mim), me faz sentir orgulho de simplesmente quem sou. Ser abordado nas ruas de Parauapebas, por pessoas  - nem conheço –  que vem constantemente me agradecer pela oportunidade de ter conhecido Carajás, pessoas que moram em Parauapebas a cerca 20 anos – fatos que eu presenciei – e nunca haviam passado a portaria da Floresta Nacional de Carajás por falta simplesmente de oportunidade são coisas que me deixam cada vez mais, feliz a proporcionar isso. Pela importância.
Claro que sou gratuitamente agradecido ao órgão gestor da FLONACA (ICMBio) e ao programa de educação ambiental da região Centro de Educação Ambiental de Parauapebas (CEAP).



Aos meus colegas de atividades, 
entre eles Ricardo Mattos de Carvalho, 
meu grande amigo e Professor.



Por: Filho Manfredini

2 comentários:

  1. Gostei muuuito do seu blog!!
    parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Filho, muito obrigado pela consideração! Você foi muito importante para o crescimento do CEAP.
    Matos,R.

    ResponderExcluir